É férias

Cuidado com as linhas de pipas.

Linhas de pipas um perigo constante para os motociclistas nessa época do ano, fiquem alerta e se proteja!

Com a chegada das férias escolares e do verão, crianças e jovens tem muito mais tempo para brincar e se divertir, e isso torna uma combinação perfeita para soltar pipas. Mas a diversão, porém traz muitos riscos, caso não seja feita de maneira segura.

Os maiores perigos, entretanto, são linhas com cerol e as redes de energia elétrica, mas existem outros perigos, tal como empinar pipas em vias movimentadas, correndo o risco de atropelamentos, ou em cima de lajes ou telhados, onde há riscos de graves quedas.erros transito ferias

O cerol é uma mistura de cola e vidro moído, deixando a linha extremamente cortante. Os riscos causados pela linha com cerol, não se limita só com quem empina pipas. Na maioria das vezes, as maiores vítimas são os motociclistas em geral, que ao entrar em contato com essas linhas, tem partes do corpo cortadas e quando a linha atinge a região do pescoço por haver menos proteção, neste caso o acidente pode ser fatal.

Por isso, nessa férias alertamos os motociclistas e os nossos queridos motoprofissionais a importância do uso do aparador de linha, mais popularmente conhecido como Antena Corta Pipa, que deve ser instalado próximo a manopla do guidão da moto para auxiliar no rompimento da linha de pipa evitando maiores acidentes causado por linhas que contenham cerol ou não. Lembrando que a mesma deverá ser esticada até a altura da parte superior da cabeça do condutor na posição sentado sobre a motocicleta.

Muitos motociclistas tem a antena instalada na moto, porém, muitos deixam o objeto protetor abaixado ai não adianta de nada.#PILOTECOMSEGURANÇA. Se proteja e mantenha-se vivo.

                                         O que observar na manutenção diária

Dar uma olhada rápida na sua moto antes de pilotá-la é um hábito excelente que você pode adotar seguindo o roteiro abaixo que continuaremos na próxima edição.

Nível do óleo do motor

Se o seu motor estiver em boas condições, ele vai usar muito pouco óleo entre as trocas. Entretanto, é importante se assegurar que o nível do óleo não desça abaixo de marca mínima.

Veja aqui como checar o nível do seu óleo:

Apoie a moto deixando-a em posição vertical em uma superfície firme e nivelada para permitir que o nível do óleo se estabilize. Se a sua moto tiver uma janela de inspeção, verifique se o nível do óleo está entre as marcas máxima e mínima.

Se a sua moto tiver uma vareta de nível, observe onde a marca do óleo esta em relação as marcas máxima e mínima.

Se o nível estiver muito baixo, remova a tampa do bloco do motor e complete com o tipo de óleo especificado. Use sempre óleo para motores de motocicleta – e não óleo que foi desenvolvido para uso de motores de carros.

Direção de suspensão

Quando você vira o guidão de lado para o outro, a direção funciona sem problemas?

Quando você se senta na sua moto, as suspensões dianteira e traseira funcionam sem problemas?

Níveis do liquido de resfriamento

O liquido de resfriamento deve permanecer constante. Se baixar, isso significa que o sistema está com vazamento. Veja aqui como checar:

Localize o reservatório do liquido de resfriamento e verifique se o nível do liquido está entre as duas marcas de nível do reservatório. Se for necessário complete com uma mistura de água destilada e fluido anticongelante na proporção de 50/50.

Corrente de transmissão

A maioria das motos tem uma corrente de transmissão na roda traseira. A corrente precisa estar bem lubrificada e não deve estar muito folgada. Se a corrente lhe parecer seca, borrife um pouco de lubrificante em aerossol para correntes. Se parecer muito frouxa, ajuste a sua tensão.