Higienização do capacete é uma questão de segurança

É claro que o capacete é o principal equipamento de segurança dos motociclistas e por isso usá-lo é uma obrigatoriedade. Sendo assim e por ser utilizado constantemente é que é muito importante estar alerta para a higiene, evitando que esse acessório se torne moradia de bactéria causando danos à saúde, como micoses, caspa, descamações, espinhas, furúnculos, candidíase, entre outras doenças.

capacete

Veja agora dicas para conservação e limpeza do capacete:

Faça a limpeza do forro de seu capacete com maior frequência, pois capacete como o interior sujo pode deixá-lo doente, pode acreditar;

O Uso de gorros laváveis e tocas descartáveis, principalmente no caso de mototaxistas e motoboys, e até mesmo o não uso de adesivos no casco (parte externa), já que a cola deixada por eles pode acumular sujeira, recomenda-se; também é importante guardar o capacete com a abertura para cima. Assim, há maior circulação de ar e consequentemente a redução de umidade na forração. O motociclista deve ainda evitar o contato com o chão e outros locais sujos;

Veja bem onde você apoia seu capacete, afinal o tampo de uma mesa de restaurante ou um banco de praça por ter inúmeros tipos de bactérias.

Sempre use balaclava de material absorvente. Ela absorverá quase todo o suor além de ser fácil lavar. É bom ter mais de duas para reservar;

Se possível tenha sempre dois capacetes de uso pessoal, e de boa marca. E também evite emprestá-lo. Uma outra dica é comprar aqueles sachês de antimofo, que absorvem a umidade, e deixe par algumas horas o capacete emborcado e abaixo do sachê.